Sejam Bem Vindos! よろしくお願いします!

Olá pessoal, sejam bem vindos à esta página. Criei este blog para poder compartilhar com vocês algumas informações sobre a língua japonesa, além das minhas impressões acerca desse idioma, suas particularidades, as dificuldades enfrentadas pelos falantes de português do Brasil ao estudar o idioma japonês, e claro, alguns pontos comparativos com o português que considero muito interesssantes.

Sejam Bem Vindos!     よろしくお願いします!       リマ・マレイ marley de lima

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Expressões a partir da forma 'masu' (republicado)

VERBOS - expressões a partir da forma “-masu”

 Já faz algum tempo que quero escrever sobre os verbos na língua japonesa, no entanto não o fiz ainda da forma como pretendia, que era seguir a sequência apresentada na maioria dos materiais didáticos de língua japonesa como língua estrangeira (apresentando primeiramente a divisão dos verbos e a forma como se faz as flexões básicas). Mas hoje estive pensando e lembrei que posso falar de uma parte dos verbos mesmo que o leitor não conheça essa divisão ou mesmo as flexões básicas dos verbos. Basta apenas conhecer o verbo na forma polida, ou seja, com a terminação “-masu”. Ex.: tabeMASU (comer); ikiMASU (ir); nomiMASU (beber); etc.
 Uma vez conhecendo os verbos nessa forma podemos fazer algumas mudanças na parte variável do verbo e teremos uma série de expressões diferentes. Vejamos algumas:

Obs.: -MASU     ⇒ _....., significa que “-masu” é trocado por -....
1).       Para expressar desejo através do verbo: -MASU    ⇒ -TAI DESU (ou seja, basta trocar a parte “-masu” por “-tai desu”).
Ex.: (kaiMASU = comprar)
Kuruma o kaiMASU
Kuruma o kaiTAI DESU.
Compro (vou comprar) um carro.
Quero comprar um carro

 2).      Para expressar a idéia de que algo é difícil de ser feito:
 -MASU     ⇒  -NIKUI DESU (troca-se “-masu” por “-nikui desu”).
Ex.:(wakariMASU = compreender)
Ano hito no hanashi wa wakariNIKUI DESU.
A conversa/fala daquela pessoa é difícil de compreender.

3)        Para expressar a idéia de que algo é fácil de ser feito:
-MASU     ⇒ -YASUI DESU (troca-se “-masu” por “-yasui desu”).
Ex.: (oboeMASU = aprender/gravar/memorizar)
Hiragana to katakana wa kanji yori oboeYASUI DESU.
Hiragana e katakana são mais fáceis de aprender do que kanji.

4)         Quando se quer dizer que duas ações acontecem ao mesmo tempo:  
-MASU     ⇒ -NAGARA (troca-se “-masu” por “-nagara” )
 Ex.:  (miMASU = ver, assistir)
Terebi o miNAGARA, shokuji o shimasu.
Faço a refeição enquanto assisto TV.

5)        Para expressar que algo foi feito além do normal:
 -MASU     ⇒ -SUGIMASU (troca-se “-masu” por “-sugimasu”)
Ex.:  (tabeMASU = comer)
Party de oishii ryori ga tasukan arimashita kara, tabeSUGIMASHITA.
Como tinha muita comida gostosa na festa comi demais.

6)        Para expressar um convite feito ao interlocutor de forma educada e suave: -MASU     ⇒ -MASENKA (troca-se “-masu” por “-masenka”, em forma de pergunta).
 Ex.:  (nomiMASU = beber/tomar)
Issho ni ocha o nomiMASENKA.
Gostaria de tomar chá comigo?

7)        Para expressar que algo é feito por mais de uma pessoa:  -MASU     ⇒ -MASHŌ (troca-se “-masu” por “-mashō”).
            Ex1.: (tabeMASU = comer)
Gohan o tabeMASHŌ.
Vamos comer (almoçar/jantar).

Obs.: Essa expressão “-mashō” pode ser usada como resposta à pergunta feita com a expressão do “item 6”, pois usando-a traz à resposta um tom suave ( A: Ocha o nomiMASENKA. B: Ee, nomiMASHŌ). O que ajuda para suavizar a resposta, além da expressão “-mashō”, é a substituição de “Hai” por “Ee”. Se usasse a resposta com “Hai, ikimasu” não traria à resposta o mesmo tom suave.
            Ex.2:  (nomiMASU = beber/tomar)
Issho ni ocha o nomiMASENKA.
Gostaria de tomar chá comigo?

Ee, nomiMASHŌ.
Sim, claro (vamos tomar).

8)        Para indicar que pode fazer algo pelo interlocutor (oferecendo ajuda):   -MASU     ⇒ -MASHŌKA(troca-se “-masu” por “-mashōka”).
            Ex.:  (mochiMASU = pegar/carregar)
Kaban o mochiMASHŌKA.
Quer/gostaria que eu carregue sua mala?

9)        Para expressar a maneira/jeito/forma de fazer algo. 
 -MASU     ⇒ –KATA (troca-se “-masu” por “-kata”).
            Ex.:  (tsukaiMASU = usar)
Hashi no tsukaiKATA o oshiete kudasai.
Por favor, me ensine a forma de usar o hashi (palitinhos japonês usado nas refeições).

10)     Para indicar que vai/virá à algum lugar para fazer algo. 
 -MASU     ⇒ –NI IKIMASU/KIMASU (troca-se “-masu” por “-ni ikimasu” ou “-ni kimasu”).
            Ex.:  (kaiMASU = comprar)
Ashita shoppingu e hon o kai NI IKIMASU.
Amanhã irei ao shopping para comprar um livro.

11)     Para indicar respeito à pessoa de quem se fala.  -MASU     ⇒ -NI NARIMASU (troca-se “-masu” por “-ni narimasu. Aqui é acrescentado “o” antes do verbo).
            Ex.:  (kaerimasu = retornar para casa)
Sensei wa mō OkaeriNI NARIMASHITA.
A sensei já foi embora.

12)     Para fazer uma solicitação à alguém de forma muito respeitosa.
 -MASU     ⇒ –KUDASAI (troca-se “-masu” por “-kudasai”. Nesse caso também é acrescentado “o” antes do verbo).
            Ex.:  (kakemasu = sentar)
Dōzo kochira ni OkakeKUDASAI.
Sente-se aqui, por favor.

Obs.: Essa expressão demonstra muito respeito ao interlocutor. Fiz questão de elaborar um exemplo que usasse o verbo “kakemasu”, para mostrar que normalmente são usados alguns verbos diferentes do que estamos acostumados a usar, por ser uma expressão muito polida. Para o verbo “sentar”, em japonês, estávamos acostumados a usar o verbo “suwarimasu”, e aqui foi substituído por “kakemasu”.

13)     Para indicar modéstia ao falar sobre algo que fez. Aqui o falante se coloca em posição inferior.
  -MASU  ⇒ -SHIMASU (troca-se “-masu” por “-shimasu”, acrescentando “o” antes do verbo e “go” antes de alguns substantivos).
Ex.1:  (kashiMASU =  emprestar algo à alguém)
Watakushi ga enpitsu o (wo) OkashiSHIMASU.
Eu vou emprestar o meu lápis.
           
Ex.2:  (setsumei shiMASU = explicar)
Watakushi ga nihongo kōsu ni tsuite GOsetsumeiSHIMASU.
Irei explicar sobre o curso de japonês.

Obs.:As expressões 11, 12 e 13 fazem parte do grupo de expressões honoríficas (keigo). As que indicam respeito são conhecidas como “sonkeigo” (tópicos 11 e 12); as que indicam termos de modéstia são conhecidas como “kenjōgo” (tópico 13).
Marley Lima (Verbos – expressões a partir da forma “-masu”, 2011)

Obs.1:Pode acontecer de alguma das expressões apresentadas não poder ser usada com algum verbo.
Obs. 2: Algumas frases podem soar estranhas fora do contexto, ou ainda soar melhor com o verbo flexionado de outra forma. No entanto, tomei o cuidado de colocar todos os verbos apresentados como exemplos na forma –“masu”, ou a variação no passado “-mashita”, para não complicar na compreensão do tema apresentado. Ainda, procurei usar todas as orações na forma polida. Portanto, podemos ter a variante de cada uma delas para a forma informal.